REGULAMENTO INTERNO – RAPOSO CHALÉ

Prezado Hóspede,

            Para seu próprio conforto e segurança, bem como dos demais hóspedes, pedimos a gentileza de lerem atentamente e observarem nosso Regulamento Interno:

A hospedagem no Hotel é regida pelas condições abaixo descritas e divulgadas na Internet, pelo nosso site www.raposochale.com.br, e encontra-se também disponível nos apartamentos e na recepção.

 1) HORÁRIOS CHECK-IN: 14:00 / CHECK-OUT: 12:00 - Ambos horários, independem do horário de chegada do hóspede ao hotel. Saída após as 12 horas, somente mediante autorização da recepção. Caso isso não ocorra será cobrada outra diária.

 Restaurante: •Café da manhã das 7:30 às 10:00 – incluso no valor da diária. O hotel não tem obrigação de servir café da manhã antes ou após os horários acima, independentemente do horário de chegada ou saída do hóspede. O Hotel também poderá cobrar por extras ao oferecido na mesa do café da manhã,

 2) De acordo com Instrução Normativa do Ministério do Turismo (EMBRATUR), é obrigatório quando da Entrada/Check-In o preenchimento da FRH (Ficha de Registro de Hóspedes) bem como a apresentação de documento original válido com foto. Em havendo adolescentes (12 a 17 nos de idade) deverá ser apresentado um documento original válido.

3) A troca de roupa de cama e banho será feita de 2 em 2 dias.  Em casos especiais poderá ser analisada a possibilidade de troca da roupa de cama ou banho em um prazo menor ao acima descrito.

4) SÃO DEVERES DOS HÓSPEDES:

a) manter conduta condizente com o ambiente sócio familiar do Hotel;

b) respeitar os horários e normas de funcionamento dos serviços oferecidos;

c) levar ao conhecimento dos gerentes qualquer irregularidade ocorrida nas dependências do Hotel, a fim de que sejam adotadas as providências cabíveis;

d) indenizar eventuais prejuízos ou danos causados ao Hotel;

e) respeitar e obedecer integralmente aos dispositivos aqui regulamentados.

f) desocupar o apartamento até as 12 as (meio dia). O não atendimento do horário de saída poderá ocasionar a tomada de medidas cabíveis para a desocupação do apartamento. No caso de o hóspede não desocupar o apartamento até o horário do checkout e não estando presente no hotel, este tem o direito de deslocar os pertences do hóspede para a recepção ou outro apartamento com a supervisão do gerente ou responsável. Caso opte pelo prolongamento da estada, o hóspede deverá solicitar à recepção, com no mínimo 24 horas de antecedência. Havendo disponibilidade, poderá ser atendido.

 g) utilizar os bens do hotel com cuidados para evitar danos, como manchar ou rasgar roupas de cama e banho, danificar equipamentos elétricos e eletrônicos, cama/armário/cofre e objetos de decoração e iluminação. Qualquer dano aos bens em seu poder, será cobrado adicionalmente às diárias e outras despesas.

 

 5) - É VEDADO aos usuários do HOTEL:

 

a) O uso de som de fontes diferentes do som ambiente do Hotel, devendo haver respeito pelo silêncio para os demais hóspedes, especialmente após as 22:00 horas;

b) interferir, direta ou indiretamente, nos serviços de responsabilidade da Administração do Hotel.

c) hospedar no mesmo apartamento, pessoas além do limite permitido por este Regulamento

d) praticar atos considerados nocivos e/ou inadequados à moral e aos bons costumes.            

e) Fumar dentro do restaurante, apartamentos, banheiros e outras áreas internas, devendo o hóspede utilizar à área externa do Hotel para tal.

f) O uso do frigobar deve ser respeitado, sendo proibido levar para dentro das suítes qualquer tipo de alimentos e bebidas. Não é permitido o consumo de bebidas e alimentos trazidos de fora do hotel.

g) Crianças deverão dormir com fraldas descartáveis para evitar danos nos colchões, roupas de cama e banho dos apartamentos;

h) Utilizar-se de empregado do Hotel para realização de serviços particulares;

i) estender roupas na varanda do Hotel;

j) O porte e uso de qualquer tipo de objeto ou substância legalmente proibida ou de qualquer tipo de arma;

l) levar para piscina as toalhas das suítes, sendo permitido somente às disponibilizadas na recepção do Hotel.

m) Visitas poderão ser recebidas na recepção do Hotel, Restaurante e Bar da Piscina. Para receber visitas no apartamento, independentemente do tempo de permanência ou grau de parentesco será cobrado uma taxa, por pessoa, conforme tabela na recepção. As despesas ou prejuízos causados pelo visitante são de responsabilidade do Hospede.

6) Quando estiver saindo a passeio ou utilizando as áreas comuns do hotel, cuide bem de seus pertences, como, máquinas fotográficas, celulares, mochilas, bolsas, etc.. Nunca deixe estes objetos soltos e sem vigilância. A guarda dos mesmos é de responsabilidade exclusiva do hóspede proprietário.

7) ao sair do quarto certifique-se de ter trancado as janelas e fechado a porta.

7.1) O Hotel também não se responsabiliza por danos ou furtos de veículos, tampouco por danos causados por intempéries da natureza e outros, como arrombamento, incêndio, atos de vandalismo praticados por terceiros, etc.

7.2) O estacionamento possui vagas limitadas, ficando o uso sujeito à disponibilidade e a cargo do hóspede a colocação ou retirada de veículos quando solicitado pelo recepcionista. Ao fazer passeios externos pedimos que verifique se o veículo não está bloqueando a saída de outros.

8) DINHEIRO OU OBJETOS DE VALOR deixado nas dependências do apartamento são de inteira responsabilidade do seu proprietário hóspede;

9) para quaisquer informações a respeito da cidade, serviços, passeios, remédios, assistência médica, mecânica e sugestões, pede-se aos Srs. Hóspedes dirigirem-se à recepção. Ficaremos satisfeitos em ajudá-los.

10) não é permitido retirar das dependências do Hotel roupa de banho ou outros objetos de propriedade do Hotel.

11) Serviço de lavanderia. Consultar funcionamento e valores na recepção do hotel.

12) eventuais danos que venham a ser causados ao patrimônio do Hotel, seja pelo titular da hospedagem ou seus acompanhantes, serão ressarcidos no ato do fechamento da conta, tomando-se como referência os valores constantes da planilha de custos e bens de valores patrimoniais, disponível junto à Gerência.

13) não é permitido, a qualquer hora, o uso de aparelhos sonoros ou instrumentos que incomodem assim como, conversas em altas vozes, gritos ou palavreado que atentem contra a tranquilidade ou provoquem constrangimento aos demais hóspedes, principalmente no período entre 22 e 7 horas. Portanto, a partir das 22 horas, o silêncio deve ser respeitado por todos, salvo em eventos internos do hotel, em que todos os hóspedes estarão cientes de sua realização.

14) Reserva-se a Gerência o direito de vetar a hospedagem a quem não convier ao Hotel e todo aquele que proceder de maneira inadequada, contrária a este regulamento ou transgredir normas legais ou de moral, será convidado a retirar-se do estabelecimento.

15) quando qualquer funcionário deste estabelecimento se mostrar omisso e não atender com presteza e correção, pede-se aos Srs. Hóspedes levarem suas reclamações à Gerência, que tomará medidas imediatas.

16) Ao Hotel é reservado o direito de solicitar a desocupação de Apartamentos quando verificado o uso por pessoas embriagadas, para atividades ilegais, contrárias à moral ou aos bons costumes.

17) De acordo com os Artigos 82 e 83 do Estatuto da Criança e do Adolescente, “é proibida a hospedagem de menores de 18 (dezoito) anos em hotel, motel, pensão ou estabelecimento congênere, salvo se acompanhado pelos pais ou responsável legal”, comprovando-se documentalmente o parentesco ou condição, ou ainda, se acompanhada de pessoa maior, com autorização por escrito e com firma reconhecida do pai, mãe ou responsável legal.

18) cabe ao Responsável Legal prevenir-se para que os adolescentes e crianças não permaneçam desacompanhados nas  Áreas Privativas (Apartamentos) e Áreas Comuns do Hotel, evitando possíveis incidentes;

19) As Áreas Comuns (Áreas Externas incluindo calçadas, escadarias e estacionamento por exemplo e áreas internas como Hall de Entrada, etc.) usualmente são de trânsito de terceiros, sendo os Srs. Hóspedes responsáveis por seus pertences e Menores de Idade nessas áreas. Por questão de segurança as Áreas Comuns são monitoradas por câmeras;

20) A indenização decorrente da perda das chaves do apartamento será feita pelo hospede ao hotel, por ocasião do encerramento de sua conta. VALOR A SER COBRADO: R$ 70,00 (Setenta Reais)

21) as despesas que não estão cobertas pelas diárias (consumo no bar e frigobar, telefone e outros) serão acrescidas nas diárias.

22) A mudança de apartamento (upgrade) algumas vezes é possível outras vezes não, dependendo da ocupação do hotel no momento da solicitação. A impossibilidade de upgrade não gera qualquer tipo de indenização ao hóspede.

23) SERVIÇOS EXTERNOS: Não são de responsabilidade do Hotel serviços como Táxi, Farmácia, Locadora de Autos, Restaurante, Passeios Turísticos, Delivery, etc.

24) Toda a voltagem do hotel é 220 Volts.

25) cobramos taxa de serviço de 10%.

26) os pertences dos hóspedes perdidos ou esquecidos no Hotel, serão guardados pelo prazo máximo de 03 meses, ficando a Hotel livre para dar o destino que achar conveniente após esse período.

27) A solução dos casos omissos neste Regulamento ficará a cargo da Direção do Hotel. Reclamações e sugestões favor dirigir-se a recepção ou enviar um e-mail raposochale@yahoo.com.br.

Caixa de Texto: A inobservância de quaisquer regras deste regulamento implicará ao hospede, desocupar imediatamente o apartamento, sem prejuízo da diária correspondente, ainda que não tenha sido completada. De acordo com o disposto nos artigos 1.467 e 1.470 do Código Civil Brasileiro de 2002, ao Hotel se reserva o direito de reter as bagagens, joias e dinheiro que estiverem em poder dos hospedes que não saudarem suas respectivas contas. Desde já agradecemos a preferência.

 

                                       

 

 

    Gratos,

 

                                   A Direção